Instagramur da gloriosa vida de Glória Maria

Sinceridade? Eu não curtia a Gloria Maria. Em algum lugar da minha vida ‘comprei’ umas informações terceirizadas sobre ela e peguei implicância.
O tempo passou, amadureci, comecei a pensar em deixar de ser besta (tá difícil!), revi posições e visitei o instagram da Glória. Ela parece ser legal com a equipe, é amada pelos amigos e está sempre de bem com a vida. E, ainda por cima, tem a coragem de mostrar na TV seus próprios tombos!

 E aí eu pensei:

– vou fazer  o Instagramur da vida glamurosa e internacional de Glória Maria!

Aqui vai.  !

*

Todo mundo sabe que Glória Maria tem um canal direto de comunicação com os deuses protetores da juventude e da magreza. Ela come doce e não engorda, a danada. 

*
…o tempo passa e ela nunca envelhece. Pode ficar roxa de inveja que não adianta!

*
Tá, tem aquela mística toda, das centenas de pílulas e suplementos que ela ingere diariamente, as dietas tipo detox, os chás emagrecedores e tudo mais. 

*
Mas pode tirar seu cavalinho da chuva,
seu pônei da neve,
seu puro sangue do bronzeamento artificial:

*
Mesmo que você e eu tomássemos tudo o que ela toma, a gente continuaria ficando gorda e velha.
Glória é assim, sortuda, magra  e rycaaaa!
Porque, né, ela come TOMATE, essa iguaria fina.

*
E toma leite . Não, não é leite Glória em pó. É leite direto da vaquinha. Da ESLOVÊNIA!

E, olha, eu tive que pesquisar pra saber que essa foto acima  era da Eslovênia, porque a Glória não facilita.
Ah, não facilita não.
Viajando o mundo inteiro ela não usa o geotagging e não dá pra saber ONDE as fotos foram tiradas.
Tem que ir deduzindo, pesquisando no Google e talz.
Mas, tudo bem, na Internet todo mundo é detetive. A gente descobre.
A gente é NINJA! Ou melhor… a gente é NAJA!

O forte das fotos de GM, claro, são as viagens.

E a pergunta sempre é… o que você e eu estávamos fazendo enquanto Glória viajava?
Valendo!

.1.

Eu e você: congestionados no trãnsito em alguma cidade do Brasil
Glória: apreciando esta paisagem no leste da europa

.2.

Eu e Você: procurando vaga no estacionamento

Glória: abastecendo seu  elefante na Asia por um momento

.3.

Eu e Você: navegando na Internet em busca de bobagens incompreensíveis
Glória: velejando no Vietnã em momentos inesquecíveis

.4.

Eu e você: tentando achar alguém pra quebrar um galho urgente

Glória: visitando uma árvore milenar no oriente

.5.

Eu e você: aqui no Brasil, perdendo tempo

Glória: no Camboja, achando um templo

.6.

Eu e você: online, brigando nas redes com meio mundo
Glória:  ao vivo, fazendo amigos do outro lado do mundo

.7.

Eu e você: rodeados de gente bem mala

Glória: ladeada por malas e gente de bem

Entendeu, né?

Nâo importa aonde você esteja ou pra onde vá viajar.
O importante é parar de aplaudir maluco, dar ouvido pra imbecil, enganchar com gente ruim e se comportar como um tonto! Só assim todos nós poderemos viver… dias de Glória!!!!

Parabéns, Glória.
Agora vai lá ficar com as meniiiiinas!

🙂

 ah, antes de ir embora, olha que fofo:

-Glória com Minotauro circa 2003

…e em 2013, com a foto na parede e um abraço ao vivo .

Fofos.

PS. Amei essa foto?

Instagramur do Sergio Mallandro, o poeta de duas palavras

O Instagram do Sérgio Mallandro tem um padrão de repetição.
São fotos de Nostalgia, Shows, Fotos com Famosos e Bobagens Em Geral.
Mas, numa divisão mais ~macro~, pode-se dizer que as fotos de Serginho dividem-se em
Yeah Yeah e GluGlu.
Porque é praticamente isso que ele sempre usa nas legendas, nos diálogos, nos shows e na vida.

É impressionante. Um artista que construiu uma carreira baseada em dois sons.
E repetidos.

É ele  o destaque deste Instagramur!  

Se joga! 

A história de Sergio Mallandro começou de forma fina e sui generis, contada por ele próprio:

*

*

Hoje, esse  cara é  adorado por jovens adultos que ficaram presos na  cultuam a infância e
lotam seus shows de stand-something.  Serginho, eterno lelek lek lek,
faz shows com calça laranja estilo Restart mesmo aos 57.

*
É impressionante ver o delírio da galeria diante de seus yeahyeahs e gluglus.

*

Serginho é uma espécie de Monitor de acampamento pra crianças com delay de 20 anos.
Incrível a disposição do povo: trancam a noção na 3a. gaveta da cômoda e se jogam no show!

E, olha, não dá nem pra falar nada, porque, né, entre você, eu e o Serginho, quem é que lota um auditório desses, gente? É muita vontade de fazer gluglu!
*

*

Serginho também posta muitas mensagens edificantes em sua timeline, como estas:

*

…e esse poster motivacional para buscar informação direto na fonte:

*

Ou ainda a poética inconfundível de posts assim:

*

A dúvida que surgiu ao fazer o Instagramur, no entando, é… como se ESCREVE ié ié?
São fotos e fotos e mais fotos com diferentes grafias da mesma poética:

Pagando promessa era Yeh Yeh.

Com Sonia LIma e Wagner Montes é Yeahhhhh Yeahhhhh

*

*
Com zé bonitinho (87 anos, gente!), perigote das mulheres (If I had a thousand women…) volta a ser yeh yeh.

Já com Luciano Huck é mais pra gluglu.

*
Yeah yeah, gluglu, tanto faz. O que acontece de VERDADE é que as pessoas RIEM com Mallandro,  desde que começou a carreira no tempo em que ideia ainda tinha acento…

*

Em resumo, podemos dizer que Serginho Mallandro é um poeta. Um poeta de duas palavras, do jeito que o Brasil consegue entender poesia. 

*

Se bem que, né, chega uma hora que NINGUÈM consegue mais aguentar tanto YEAH YEAH !
Nem quem trabalha com ele!

Com yeah yeah ou não, com glu glu ou não, sendo fã ou não, uma coisa a gente tem que admitir. Mallandro tem alguma coisa que faz todo mundo rir.

Porque, olha, essa foto é épica: apavorar um homem SANTO como este a ponto de fazê-lo RIR assim, só sendo MUITO ESPECIAL!

Conclusão: Sérgio Mallandro não é desse  mundo! Sérgio Mallandro é do peru! Vem fazer glu gluuuu!
*

Ah, sim, como quase todas as fotos dele usam o filtro Lord Kelvin, eu peguei uma foto DO Lord Kelvin (aquele, do zero Kelvin, o zero absoluto), passei no filtro dele mesmo do Instagram e publiquei. Agora tudo faz sentido.

Yeah Yeah

Instagramur da Luciana Gimenez, uma mulher muito inteligente. E burro é quem pensa diferente!

 Eu adoro a Luciana Gimenez.
Adoro, de verdade.
Luciana é moderna, bem humorada, desencanada. E linda.
Já era modelo internacional quando ninguém falava em globalização.
Entrou pra TV da forma mais difícil, como substituta de outra apresentadora
e fez do programa uma novidade engraçadíssima.
Encarou o trash com elegância, desfilando pautas com e sem nexo na cara da sociedade.

E, sim, ela é divertida até quando erra, troca, se engana, esquece os termos em português.
Até errando ela acerta. Sabe por que? Porque Luciana tem wit, savoir faire, joie de vivre e fair play.
Ela não é do tipo azedo e infeliz que sai processando tudo e todos porque se acha ACIMA
de qualquer crítica, paródia ou zoação com ela.

Aqui vai, portanto, o Instagram dessa mulher bacanérrima, que vai de Lucianta a Luciantenada sem se levar a sério. 

A vida é curta. Curta.

Ladies and gentlemen, I give you… Instagramur de Luciana Gimenez,
com legendas e balões desta que vos posta.

**

No princípio, era o caos.  

Porque é difícil mesmo, o Instagram.

 Mas Luciana seguiu ET BIlu e foi buscar conhecimento.

 Os fãs começaram a interagir e a elogiar o corpão de Luciana!

E, claro, todo mundo querendo saber a dieta…

 Além das ~proteínas~ a dieta também inclui frutas inesperadas.

 Comida, dieta, beleza. Mas Luciana também gosta de descobrir novos aplicativos!

Outra graça de usar o Instagram é compartilhas pequenas atividades do dia a dia.

Lu também gosta de falar de novos filmes e vídeos pra quem tem criança. ..

…e de pedir ajuda quando está com alguma dúvida.

E assim, termina mais um capítulo midiático na vida glamurosa da linda Luciana.

Antes de acabar, um último recadinho, uma mensagem cifrada que só uma pessoa genial poderia mandar pelo Instagram:

– Use fio dental   3 vezes por dia

Beijos pros perus, pras peruas e pros peruás!

Muahhhh!

 

 Luciana é muito inteligente e burro é quem pensa diferente!

Instagramur de Maria Gadu, que se parece com todo mundo!

Eu gosto da Maria Gadu. Tá, eu não sou amiga pessoal, não conheço e não convivo com ela. Mas gosto do jeito da voz, do trabalho. Vi o show de Maria Gadu com Caetano no Rio e em São Paulo. Adorei.

Pode me xingar, pode me censurar, pode dizer que eu sou Shimbalaiê, tô Ney Ailton. Eu gosto da Maria Gadu e quem não gosta pode terminar a rima. (agressiva eu, hein?)

Daí que eu resolvi fazer um Instagramur da mesma. Com vocês, as fotos do Instagram da moça camaleônica, sempre rindo e sempre cantando

Maria …Gaduuuuuuuuuuuuuuu! 

Viva!!!

* É difícil encontrar uma foto da artista sozinha. Ela praticamente não tira fotos de si mesma, by herself. Eu só encontrei esta. 

Gostou?

* Como? Nessa foto ela está com cara de poucos amigos? Sei. Mas é uma EXCEÇÃO porque…

*

Maria Gadu está sempre CERCADA de gente em todo lugar. Agora todo munso sorrindo e dizendo ‘Fromaaaage!’

 -Ficou ótima! Com amigos em Paris. 

*

Ver o Instagram de @mariagadu é descobrir o quanto ela é … original. Com cerveja.

-“Ai, Rosanaaaaaa! Original em que sentido, hein?”

-Original no sentido de publicar fotos diferentes daquele mesmo yada yada yada de todo mundo, eu hoje, eu assim,eu assado, eu com esta roupa, veja como estou linda, olha minhas unhas, meu almoço, meus sapatos. Original no sentido de que quando ela fotograva os pés, publica de cabeça pra baixo.

*

Original no sentido de não convencional. Ou alguém que você conhece sai na rua  assim?

*

Original até no uso de efeito. Garanto que  suas fotos não saem desse jeito:

E não é só uma, não,são váaaarias, só na distorção.

-Aê…Gadu… muito loka…. pirada irada ada da, dadá. Ou, como disse o rapaz  do norte fake, ‘sul real’.

*

A Timeline do Instagram de Maria Gadu está recheada de imagens artísticas, como esse desenho de uma mulher pelada sentada em cima do interruptor na parede e pensativa. Achei sensacional. Assinado pelo Fonseca, seja lá quem for o tal.

…ou esse trabalho absolutamente formidável em que Dali e seus relógios moles encontra Monalisa de Da Vinci e Van Gogh servindo sua orelha num prato, tomando um copo de Picasso no boteco.

Demais. Não vi nada parecido na TL do Insta da Mulher Melancia nem do Kiko do KLB (duvida? então visite a lista completa aqui) 

*

Mas a parte mais curiosa mistura arte e amigos, tudo num lugar só. Sabe o que é?

– Não, não sei. Você sabe?

Tudo bem, eu conto.

O curioso é que Maria Gadu é…camaleônica. Não, eu não vou botar um gif animado de camaleão, dá medo. E sim, ela é camaleônica no sentido de que ela muda de cor, de cara, de jeito. E em cada foto vira…outra pessoa!

Por exemplo: aqui, ao lado de Betty Faria, se você fechar os olhos como ela está fazendo vai ver que ela parece com…..

…o Michel Teló

E nessa outra, ela está igualzinha ao personagem do TinTin.

Nessa aqui ela tá com o sorriso da Giovanna Antonelli.

Não eu não tomei nada, não fumei nada, eu estou ótima. Normal.

Já nessa foto ela tá a cara da Bola Wilson do filme O Náufrago com Tom Hanks, não tá? eu achei.

Ah, e o cara ao lado dela não é o Lobão.

* Nesta foto que ela está parecida com alguém, mas eu não sei quem. T Tentei Bob Dylan, Dudu Nobre, Tato do Fala Mansa, Noel Rosa mas não cheguei a uma conclusão . Talvez o pug  fofo de Gadu possa me dizer.

*

– Sei de nada não senhora.

Fofo demais.

Como fofa também é esta foto da artista com seu avô. Aliás ele também parece com alguém que eu não sei quem, pra você ver como hoje eu estou bem. Bem xarope.

*

“-Dona, desiste desse Instagramur enquando sobre alguma dignidade, não dá mais,não.”

*

“-Dá mais, não”

*

Então vamos encerrar com esta belíssima versão Restart de Maria Gadu, sempre feliz, sempre de bem, mostrando que o melhor da vida é ser o que a gente é, sem explicar nada pra ninguém!

Boa Gaduuu. te amooooo!

*

Shimbalaiê pra você também! 

Instagramur pegou o INRI pra Cristo.

Filósofo e educador. Tá. Vida transcendental. Ok. Liberdade consciencial. Hum…. tá ficando puxado.Inviolabilidade do foro íntimo? Ma… ma…. mais… no Instagram? Quer coisa mais pública que isso? Bom, não vim aqui para questionar o Pai,ó,pai, vim só pra fazer um Instagramur do Inri Cristo e seu dia a dia, para noooooooooosa alegria!!!!

*

* 

InriCristo. Um homem,um mito, um personagem frequente de programa humorístico.
Um enigma. Um ser que usa uma coroa de espinhos feita de isopor. Vamos acompanhar um pouco de sua vida cotidiana junto a este mundo-mundano de paz e amor.

*

Como todos os filhos de D’us Inri começa seu dia no matinho, onde vai para saudar sua obra.

*

Voltando do mato, Inri toma seu sagrado café da manhã com as Inziretes na divina lanchonete.
*

*
Logo depois ele toma um banho de mar em Brasília e está pronto para começar seu dia.

– Como? – dirá o incrédulo leitor

– Não tem mar em Brasília!

– Gente, ele é o Inri Cristo, se não tem mar em Brasília ele FAZ um, tá? Em frente.

*

*

Terminado o banho de mar, INRI começa sua jornada de trabalho que consiste, basicamente em fazer milagres.  E o primeiro milagre que ele opera é o da natureza.

Sim, porque essa coisa de ‘se a vida te der um limão faça uma limonada’ é para os fracos. Quando INRI vê um limão, ele encosta a mão no limão e imediatamente ele se transforma num abacate.

*

O segundo milagre de INRI é a realização dos opostos, quando o frio vira calor, a noite vira dia e água vira vinho. Você pode não acreditar, mas na foto original quem estava à direita de Inri Pai era Albert Einstein.

*

INRI também consegue flutuar. Aqui ele aparece levitando em pleno dia.

– Ah, mas ele está em cima da pedra! – dirão os infiéis.

– O Instagram não enquadrou, mas a PEDRA também está levitando.

*
Finda a levitação, INRI caminha sobre as águas e se prepara para operar um milagre difícil:

 emagrecer o querido André Marques.

INRI sabe que este é seu desafio mais complicado.
Diante deste obstáculo quase intransponível, ele contempla o infinito no vidro da janela,
num momento de reflexão.

– Pai, ó, Pai! Me ajude! O André Marques é demais pra mim! Jà viu o Instagramur dele? Não dá!

*
Em busca de honestidade milagrosa, INRI vai para Brasilia… 

E procura aconselhamento com seu Guru da TV.  MaooooÊ!!!!

Corre atrás da sabedoria do Sábio do Rádio

*

Mas André continua gorditcho.

INRI resolve pedir forças para sua mãe e padroeira Nossa Senhora da Bicicletinha.

Tudo em vão.

Desesperado, INRI Cristo busca o AntiCristo!  Mas nem o choque entre as trevas e a luz, entre a escuridão e a claridade, consegue resolver o problema.

Numa cartada final, INRI, como Santo Cristo em Faroeste Caboclo, resolve ir até o INFERNO!
E vai ao encontro de Zé do caixão!

*

*

Nada. Nem toda pesquisa do mundo traz a solução.

Abatido, INRI transforma o dia em noite so de raiva e desiste da missão.

Toma então uma dura decisão. E, para autoflagelar-se, coloca sua coroa de marshmallow e pega um avião na classe econômica

Afinal, ele não é D’us. Ele não pode tudo. Ele pode fazer do limão da vida uma abacatada, pode caminhar sobre o rio da ostras, levitar com as pedras, mas não pode fazer André Marques abandonar o almoço na churrascaria Porcão.

Desolado ele vai para Curitiba, onde ninguém assiste ao Video Show anyway.

E volta a ser aclamado nas ruas como o Messias do calçadão.

À noite, antes de dormir, INRI bota todos seus sentimentos pra fora e manda todo mundo para o raio que o parta.

…e retorna para sua humilde vida de peregrinação.

.

FIM!

– Como?

Você não curtiu?Achou apelativo, sem graça, herético? Idiota, tolo, acha que devo parar e me dedicar a vida acadêmica?
– Filho, o que você queria? Pensa bem, é o instagram do INRI CRISTO, com fã que diz que a foto é sul real!

E é o que temos pra hoje.

Beijo, seliga.

Vou ali me embelezar pra ver se opero um milagre.

Veja todos os Instagramurs dos famosos clicando aqui

Instagramur do Conde Chiquinho Scarpa, atendendo a pedido do @hugogloss

– Faço ou não faço o Instagramur? – pensei.

Continuei vendo a TL e encontrei uma foto de Chiquinho com sua condessa Marlene. Achei que ele estava bem.

*

Pois para minha srote  vi  que Chiquinho teve alta e foi pra casa. ‘Ufa!’, pensei. Agora já posso brincar à vontade. Porque era EXATAMENTE isso que Chiquinho iria fazer de volta a seu dia a dia, o que faz todos os dias de sua nababesca vida:

– BRINCAR.br

*

Para garantir o espírito arteiro do Conde, Marlene fez todos os preparativos.

Primeiro ela comprou um pequeno mimo de pelúcia.

*

Enquanto isso, Chiquinho foi buscar Crush Laranja e começou sua  deliciosa vida tarde de peraltices!

*

 *
A primeira atividade  era recortar e colar figuras. Pra isso o esperto Chiquinho escolheu a melhor revista do Brasil, aquela que não tem texto. Boa, Condinho!  

A tarefa seguinte foi imitar estátua. É uma delícia. Horas e horas parado sem fazer nada, só fazendo cara de Buda.

*

A safadeza seguinte foi um pouco mais ousada…

– Como assim, ousada?

Bem, Chiquinho foi no closet de  Marlene e vestiu suas saias!

– Mas que menino travesso!!!

*

*
Do closet para a biblioteca e lá foi Chiquinho para ler em pé.

Dizem que é muito bom, emagrece e faz bem pra coluna. Social.

A essa altura você estar pensando que as traquinagens acabaram.

E-R-R-A-D-O!

– Tem mais? Tem mais?

– SIIIIM! Tem mais!

*

Conde Chiquinho chamou seu amiguinho que faz cover do Eduardo Sterblitch pra brincar de noivo e noiva! Ai como é bom ser rico, porque pra nobre, tudo pode!
* 

A essa altura Marlene já estava SUPER #chatiada,  esperando o marido descer do salão de folguedos. Mas ainda era cedo. O jeito foi fazer aquilo que toda mulher faz quando está ociosa:

-posar pra foto e esbanjar charme na escadaria de mármore.

*

O charme de Marlene continua sendo esbanjado no mármore dos degraus enquanto Chiquinho imitava o Grande Gatsby na sala de Veludo.

*

Sala de Veludo. Na sua casa tem? Just asking.

*
E, como fazer arte dá muito fome, Chiquinho aproveitou para saborear um filé de brontossauro que, para os desinformados, é um filé feito de brontossauro mesmo.

Depois veio a aula de hidrogiplástica…

e um momento típico de todo menino que é aquela hora de brincar de carrinho…

*

depois uma boa algazarra no barquinho com direito a suquinho de fruta. Suquinho de fruta do Conde!

*

(isso aí no prato, em cima do grude, é caviar? não reconheci, eu só ouço falar)

Cansada de esbanjar charme na escada de mármore, Marlene resolveu subir e pegou Chiquinho em flagrante, jogando gamão com seu amiguinho imaginário.

– Quer dizer, Marlene pegou o conde gamão na massa!

Gente, que piada ruim!!

Why?? Why? WHYYYYYYY?

Why so ruim, trocadilho?


Calma, já está acabando.
Marlene então ajudou o conde a escolher uma gravata para passear e Chiquinho fez questão de mostrar que é espada.
* 

Um momentinho para brincar com as cacatuas antes de sair para a vida lá fora!

*

E, finalmente, Miami! 

Ai, como é lindo botar uma roupa vermelha e brincar de Onde Está Wally em Miami!

*

–  Eu gosto de roupinha vermelha, é fofo.

E assim, termina o dia de brincadeiras, travessuras e pimponices do nosso querido Conde Franciso Scarpa! Sempre ladeado por sua consorte, a Condessa Marlene, que jurou amor eterno e brilho eterno de um anel sem lembranças, na alegria própria e na tristeza alheia, na saúde pública ou na doença privada.

Mas… alto lá!

Falta ainda uma brincadeira pra encerrar, a melhor brincadeira de todas:

– Sair do Brasil de avião!

Adeus, patuléia, adeus plebeus e plebeias! Como? Patuleia não tem acento? Azar de vocês, porque pra quem é Conde tem assento na primeiríssima classe!

*

E assim, com champagne, termina a vida loka do Conde Chiquinho, um homem, uma lenda, um menininho!

*

*

Beijo, Chiquinho! Beijo, Marlene!

Espero que vocês sejam felizes.

E aqui terminam as Reinações do Conde Chiquinho!

*

– Agora EU vou brincar de pegar o Chiquinho. E, dessa vez, ele não me scarpa.
* 

(veja todos os Instagramur aqui)

Instagramur da querida Joyce Pascowitch, do Glamurama ou o Luxo da Simplicidade

 Glamur lembra Glamurama. E Glamurama lembra Joyce Pascowitch

Isso se você for uma pessoa chique. Porque se você for uma criatura sem pedigree como eu, o  pensamento é outro.Olha as fotos lindas do perfil de Joyce no Instagram e quero logo fazer um  Instagramur divertido, inventar historinhas e misturar bobagens. Foi o que tentei fazer. Com todo o carinho que Joyce merece.Bem vindo(a) ao Luxo da Simplicidade da vida de Joyce que é simplesmente …um luxo!

Quando você pensa em Joyce do Glamurama você não pensa em frango com polenta no Bexiga.  Nem em macarrão com salsicha na  Baixada Fluminense. Ou sardinha frita com pirão no vale do Jequitinhonha.
Quando você pensa em Joyce você pensa em… :

E a questão aqui nem é  ir até Paris. Porque dá pra ir de mochilão e ficar num albergue. Mas Joyce, não. Joyce vai a Paris e  se hospeda no lendário Plaza Athénée.  Umas 3 mil Dilmas a diária, fia!

A foto não mostra, mas CLICA AQUI PRA VER O HOTEL, que pertence a um dos homens mais ricos do mundo, um sultão do Brunei.

E enquanto você recebe SPAM pra aumentar o pênis , Joyce recebe convites pessoais da CHANEL. Em PARIS. Escrito à MÃO.

E onde ela almoça em Paris? No Le Meurice, que é do MESMO sultão. Um hotel de 177 anos com suites de 2 mil euros por dia.

Espia o prato.

Se bem que, olha, parece que botaram espuma de detergente de pia em cima da comida, hein?  Não sei você, mas eu sou mais o sanduba de mortadela da padoca. Aliás, você e eu vamos na padaria. Joyce vai na boulangerie  em Paris!

Vai, diz, quem é você na fila da Boulangerie?

Pois bem, até aqui estamos só babando na vida de luxo da Joyce. Acontece que, como todo mundo, não importa onde ela esteja ou o que esteja comendo, o drama que ela vive é o de TODOS NÓS. É aquela maldição democrática que postula que ‘tudo o que é bom engorda’. Resultado? Uma vida de dieta. Uma vida  oscilando ….

Joyce optou por FECHAR a boca. Passou um tempo no spa carésimo da Lapinha.

E passou a comer pouco. Eu digo POUCO.

Acompanhe agora a série de Joyce no Instagramur, no Café da Manhã.

Meia laranja.

Lindo prato, linda mesa. Outra meia laranja.

*

Não sei se é coisa dessa dieta do Dr. Revenna, mas toma aí mais meia laranja

*

Não, eu não estou brincando. É uma lista imensa de fotos com pratinho e … meia laranja.

*

Tem tanta foto de meia laranja num pratinho no Instagram da Pascowitch, que eu me lembrei do Arturo Bandini em Pergunte ao Pó, do John Fante, que passa dias e dias só chupando laranja porque é tudo o que ele tem pra comer no quarto.

Anoitece, amanhece e Joyce come… meia laranja.

*

Se você conhece minimamente o cancioneiro popular romântico do Brasil, você já deve ter começado a cantar Almas Gêmeas do Fábio Jr, bem na parte do ‘as metaaaaaades da laraaaaanjjjja…’

Porque, né? HAJA FOTO de metade de laranjaaaa

E, olha, estou louvando a força de vontade da colega! Não é fácil comer pouco assim de manhã! O que eu não entendo é o que tanto as pessoas COMENTAM se todas as fotos são de meia laranja no prato. O que há pra ser dito? Que lindo prato, que linda laranja, que linda metade de laranja. Que mais tem pra dizer? “Joyce, você come o bagaço?”

Bom, tem também metade de grapefruit. Aí eu adoro.

Claro, ela tem quase MIL fotos. Não é sóoooooooooooooooooo foto de metade de laranja, não.

Estou sendo CHATA, pra variar.

Tem foto de LARANJA INTEIRA TAMBÉM. toma aí.

Você me julgou e imaginou que estava exagerando ,né?

Chupa essa também.

Juro que ainda tem um estoque de fotos na minha pastinha de screenshots, mas vou parar por aqui, porque  já tô cuspindo caroço.

Fato é que não é FÁCIL fazer dieta e controlar tudo o que a gente come.
Por isso, quando vi esta foto da Joyce com esse bichinho da sorte…

Logo pensei:

– Garanto que ela pediu pra joaninha trocar uma dúzia de laranjas por um PRATO de brigadeiros!

É muito amor, né?

Bom, você já notou que é tudo BRINKS. Porque na verdade, JOYCE é uma pessoa de bom gosto que sabe APRECIAR a vida. Que não precisa de luxo e riqueza pra se afirmar ou se sentir superior. NÃO. Joyce tem fotos LINDAS cá no Brasil. Como esta, que eu reconheci na hora. Ai que saudade do Quadrado em Trancoooso!!! Bahiiiiaaaa!

Joyce sabe que a felicidade está em todo lugar, num pedaço de areia à beira-mar…

*

Num dia pra vadiar..

Por mais que Joyce esteja cercada de tudo o que o dinheiro pode comprar e que ela precisa cobrir e mostrar em sua vida profissional, Joyce Pascowitch resume numa foto a certeza que a gente tem de que não é o dinheiro que traz felicidade.

A felicidade é um jeito de olhar.

Em resumo, Joyce vive sua ideologia, o luxo da simplicidade. A síntese está nessas duas fotos juntas, a versão franco-brasileira de

PAZ…

… e AMOR!!!

*

Por tudo isso, só posso dizer:

 

-Joyce, querida:

– Sorte na dieta, muita saúde, tudibom, amiga!

E no dia que você resolver  comer outro  suflê de caramelo em Paris, me chamaaaa!

 

 Beijo, Joyce !

*

Veja toda a série de Instagrmur aqui. 

*