Pobreza

Frase muito boa que ouvi hoje no trabalho: “o problema de ser pobre é que isso ocupa seu dia inteiro.”

Anúncios

Acabooooou…a-ca-bou…

Terminei os roteiros, as notas para a imprensa, o release, tudo. Aprovei os videos, refiz a edição. Fizemos reuniões, produzimos soluções. Da pesquisa da história do garfo e da faca à receita de torta húngara, tudo foi feito. E amanhã, tem gravação o dia inteirinho. Das 9 da manhã até umas 11 da noite. E muito laptop conectado pela placa de celular pra manter a vida conectada. Agora, vou pra casa. Ainda tenho um texto para escrever…

E aí?

Mudei um pouco as coisas aqui no blog. Diminuí o tamanho de algumas fontes, para economizar água. Ok, foi horrível. Perdoa e deleta. As mudanças foram sutis, filosóficas e estéticas. Mas queria uma opinião, algumas críticas, posições contra e a favor. Sabe, em tempos de severinidade é bom exercer a democracia onde a gente pode.

Uma imagem

Enlouquecida de trabalho, é verdade, mas sempre alerta. Descobri por que tanto blá blá blá sem parar sobre o casamento da Cicarelli: lembra que uma imagem vale mais que mil palavras? Então! Como ninguém pôde filmar, nem fotografar o casamento, ficamos sem as imagens e aí… para cada foto que não vimos, são mil palavras! Multiplique isso por centenas de revistas, programas…! Tá explicado. Que falta que uma foto faz!

Google-Recreio

Vi um ranking dos sites de notícias mais importantes da rede, entrei no google de cuba pra ver se lá eles falam do Oscar, visitei um site nada oficial chamado google date, fiz uma pesquisa naquele google de 3 servidores www, busquei receitas.

Minhas mãos estão doloridíssimas de tanto teclar mas ainda não acabei o outro roteiro. Sem contar todas as dúzias de outras coisas que já fiz (fizemos, tudo é coletivo, exceto teclar…) nesta agitada segunda-feira de fim de mês.

Dizem que é horrível ficar em casa sem trabalhar mas em dias como hoje, eu tenho minhas dúvidas. Adoro o que faço. Mas também adoro quando não tenho compromisso. O dia está passando muito depressa e eu ainda tenho muito pra escrever. A cada um, cabe o que cabe.

Fim do recreio.