Sabe aquele vídeo da proposta de casamento?

O vídeo já teve mais de 8 milhões de views. Talvez você já tenha visto a proposta de casamento dublada ao vivo, muito simpática, que viralizou por esses dias. (Subiu no dia 23 de maio, já tem mais de oito milhões de views)

A moça de vermelho é a Gina Johnson Morris, foi ela que fez a coreografia junto com seu marido Ammon para que o amigo Isaac Lamb, da cidade de Portland, pedisse sua namorada
Amy Frankel em casamento.

Ontem o casal deu uma entrevista no Today Show.

http://www.msnbc.msn.com/id/32545640

Visit msnbc.com for breaking news, world news, and news about the economy

Como disse a apresentadora, até o próprio Bruno Mars cumprimentou os dois pelo twitter.

Sim, são muitos vídeos com coreografias de pedidos de casamento, de cerimônias, de festas. O mundo está mais solto, mais expansivo. Hoje temos os meios e estamos nos expressando mais. Temos mais recursos para materializar ideias.

Como li outro dia, a Internet está reconfigurando nossas mentes.

edu / on Instagram http://instagr.am/p/LQLz2yDyCB/

Neil Gaiman, Open culture e eu

Eu adoro o Neil Gaiman. Ele é incrível. Incrivel. Ninguém escreve como ele. De verdade. Não é só o fato de escrever. Escrever, bem, tem muita gente que escreve bem, mas não tem imaginação. Escreve bem porque se expressa bem. Assim como tem gente que conhece bem a língua. Mas imaginar, criar do nada, oferecer mundos, é outra coisa. Neil Gaiman é bacana, escreve bem e tem uma imaginação única. Ele não apenas imagina personagens, cenários, histórias, ele inventa até mesmo o jeito de escrever. Olha, vai por mim, é de mais.

Além de gostar e admirar muito Neil Gaiman, sou apaixonada pelo site Open Culture. Eu queria morar lá, virtualmente pelo menos.

E aí eu vejo um vídeo do Neil Gaiman no OpenCulture, com links para áudios e textos dele e penso: Nirvana! Éden! Manah! Kundalini! Eureka! (eu penso coisas variadas, como num bazar)

Aqui está o vídeo. E, se você quiser ir direto pra página (tudo in English, sorry) com quitutes gratuitos, aqui.

Então, aqui vão algumas coisas, caso você se interesse por ele depois de saber desse meu entusiasmo/paixão/admiração:

1. Site do Neil Gaiman
2. Twitter do Neil Gaiman – @neilhimself
3. Ele é casado com a artista performática Amanda Palmer. Ela é tão fora da curva que parece um personagem imaginado por ele.

E, ah, bem o resto você pesquisa. Neil Gaiman, né gente?

Quarta descontrol

A vida é um descontrole só. A gente só se ilude tentando organizar as coisas. Tá, organização das coisas é imprescindível. Mas veja o caso da minha agenda. Meu dia estava todo estabelecido. Terapia pela manhã, depois um retoque no cabelo em seguida, preparar a pauta do JRNews, ir para o R7 trabalhar. E aí mudou tudo.

Tive que transferir a terapia pra 6a. feira de manhã, o quadro do JRNews pra sexta-feira à noite, não vou conseguir ir ao cabeleireiro e estou saindo de casa agora pra participar do Hoje em Dia e comentar a estreia de A Fazenda. E à noite, em vez de falar de tecnologia, vou ao show da Yael Naim com um casal de amigos do meu marido. Ou seja, vai ser um dia totalmente diferente do que eu planejei.

Quer saber? Adoro. Gosto muito de mudanças, de coisas inesperadas. Elas dão tempero para nosso cotidiano. Mas, claro, TER um cotidiano, uma vida estabelecida, é o melhor!

Bom dia.

A fazenda começou

http://storify.com/rosana/a-fazenda-5.js?template=slideshow[View the story “A FAZENDA 5” on Storify]

Assisti a estreia e acompanhei pelo Twitter. Até meu marido viu a abertura do programa comigo! Aqui algumas fotos e tweets pra você lembrar do nome de todos. Eu ainda não sei. Aliás, não sou só eu, né, Britto? ahahah