Pequenos enganos, grandes confusões

Foi o maior festival de farofa no ventilador da história da Time. Nunca antes na história daquele pais, tanta gente publicou tanta informação errada.

Explico: a Revista Time publicou sua famosa lista de 100 pessoas mais influentes do mundo, na opinião de seus editores, dividida em quatro grupos numerados de 25 pessoas. Lula era o número 1 do grupo de 25 líderes.

Ora, se você faz uma lista de 100, um grupo de 25 e ENUMERA os 25, é natural que as pessoas interpretem isso como um ranking. Se não fosse estaria dito. Estaria escrito. Teria que ser elucidado.

Mas a TIME fez exatamente esse absurdo: publicou listas numeradas de 1 a 25 que não eram rankings. Então, qual o propósito da numeração senão pra classificá-los?

O R7 e vários outros veículos, entraram em contato com a TIME que desfez a confusão, negando a ideia de ranking e trocando os números por bolinhas (bullets).

O que se seguiu foram duas ondas. A primeira, de portais e site tentando chamar para si a ‘autoria’ da mudança da TIME. Eu acho que deveriam ligar para a Time e saber qual a ordem das ligações dos veículos do Brasil e fazer um ranking…

A segunda onda já estava solta. Sites e mais sites dizendo que Lady Gaga era a artista mais influente do mundo. A mais, não UMA em 25.

A TIME errou. Feio. Não entendeu que o mundo tem fome de rankings. Quer competições. Quem ver quem ganha e quem perde. Pro mundo conta quem veio em primeiro. Como se estar num grupo de 100 em mais de 6 bilhões fosse pouco. Se bem que, você sabe, é só a opinião da TIME (só?!??! é muita coisa, né?).

Mas vale a lição. Somos todos muito tolos. Bobos mesmo. Acreditamos em qualquer coisa. E perdemos a noção de contexto. A mulher mais bonita do mundo eleita no concurso “A Mulher Mais Bonita Do Mundo”, não é, necessariamente, a mulher mais bonita do mundo. É apenas a que foi selecionada (e ser selecionada não quer dizer que seja a melhor) ENTRE as participantes QUE foram inscritas no concurso A Mulher Mais Bonita do Mundo.Deve ter muita mulher bonita que não se inscreveu.

Há rankings que são diferentes, são numéricos. Como as fortunas das pessoas. Não é opinião, mas ordenação dos dados cadastrados e bens de uma pessoa. Isso, os bens declarados. Deve ter traficante que não entra no rol da Forbes, só pra citar um exemplo.

E tem também os concursos. Digamos que você entrou num concurso de fotos de uma empresa nacional. Eles não vão das os 10 prêmios para as 10 melhores fotos ou vídeos e pronto. Eles vão dividir por regiões. Porque se deram 10 prêmios pra São Paulo, mesmo que sejam as melhores, ou pro Rio, ou Curitiba, ou Natal, as pessoas das outras regiões vão chiar. É tudo assim, cheio de critérios subjetivos por trás.

Infelizmente as pessoa acreditam em QUALQUER título. Qualquer ranking. E repetem, como se fosse verdade, até slogans. Acreditam em qualquer tipo de resultado de dez mais, vinte melhores, cem mais importantes, sem nem saber que cálculo foi feito, quem votou, nada. O que conta é o ‘resultado’. O ser humano acha que uma pessoa que faz dez lipos e vinte plásticas e fica ‘mais bonito’ que alguém que é 100% natural, ‘ganhou’ do outro. Levou a melhor nesta competição constante e generalizada em busca do primeiro lugar em todas as categorias.

E tem mais: os papas do marketing dizem que você TEM que ser melhor em alguma coisa. E se esta coisa não existir, invente uma categoria pra ser melhor nela. Qualquer porcaria serve. O ‘importante’ é ter algum título que impressione.

Eu sei que a massa é assim. Mas eu sempre tenho esperança de acordar uma ou outra pessoa. Para que ela tenha mais clareza, discernimento e não compre qualquer coisa, qualquer ideia, sem questionar.

Porque, você sabe, este é o melhor blog do mundo em língua portuguesa do ano de 2008.
Na opinião dos jurados e do público que votou no Prêmio The Bobs da Deutsche Welle.
Sem contar que é o blog mais bacana, mais simpático, com maior frequencia e regularidade de postagens, pelo prazo mais longo e contínuo deste Brasil.
Não acredita?
Bom, mas pode acreditar que é o blog que tem a comunidade de leitores mais qualificada da blogosfera.

Bjs.

Rosana, a melhor produtora de tutoriais web do R7.
Coincidentemente, a única.

Anúncios

Autor: @rosana

Jornalista, tricoteira, corredora. Roteirista-chefe do Programa do Porchat

21 comentários em “Pequenos enganos, grandes confusões”

  1. Como esta Rosana? Gostaria muito que este post fosse lido por voce. Sei dos milhares de mensagens que recebe! Eu sigo seu blog ha uns 3 anos aproximadamente. Eu nao costumo escrever comentarios mas sigo o blog quase que diariamente. Eu sou medico/cirurgiao plastico ai no Brasil – me mudei para Miami – recomecei meu treinamento por aqui – em cirurgia geral. Quando voce veio para Huston, eu estava em Galvestone, ate pensei em entrar em contato!! Parando de enrolar: eu estou pensando em iniciar um blog – sei que a tarefa nao e facil. Minha ideia e tentar selecionar historias de internautas e publica-las (deixando bem claro que nomes e datas e tudo mais serao mudados), tenho varias estorias muito engracadas e curiosas, da epoca da faculdade, para postar, sei que a ideia e velha e reciclada, mas gostaria de tentar. Pensei no nome “Todo mundo na Berlinda” ou algo semelhante. Assim poderia ter contato com bastante gente do Brasil e com certeza me divertir e emocionar bastante. O que voce acha disso?

    1. Decio o bom de um blog é que é uma experiência gratuita e sem efeito colateral negativo. Tente, experimente. Se não der, tente outro. Volte, vá, faça o que quise. É essa a graça. EM geral, dá certo! Boa sorte e obrigada!

  2. Oi Rosana !

    … é por esses e tantos outros textos seus que nós, daqui de Houston, te adoramos !! Genial !! Amamos !!

    bjs e saudades !

    Wilson e Renata.

  3. Rosana, ótimo texto, como sempre!

    Acompanho seu trabalho e seu blog há algum tempo e lembro-me de ter te pela última vez como apresentadora, no programa Atualíssima da Band, me falaram que você apresentava um quadro no programa A Noite é uma Criança, também da Band, não sei se é verdade. Eu gostaria de saber se você ainda tem algum trabalho na TV e se não, tem idéia de voltar a apresentar?

    Abraço.

  4. Eu acho q é SÓ mesmo a opinião da Time. A mesma q já colocou em sua capa como homem do Ano, gente do porte e índole de Adolf Hitler, George W. Bush.

  5. Tem gente que faz uma força para tirar do Lula o lugar que ele merece…

    Estou até imaginando muitas pessoas se roendo por dentro depois que saiu essa lista.

  6. Parabéns por mais este ótimo texto.
    As pessoas são assim mesmo. Querem sempre saber ou estar no “Top of the top”…
    Na verdade, uma futilidade sem tamanho.
    Ah, se você tiver tempo, visite o meu blog: espacobert0.blogspot.com
    Não tem um público tão qualificado quanto o seu,muito menos ganhou esse prêmio com nome de rede de fast-food, mas dá para ler…
    Se tiver tempo, deixe um comentário!
    Até o próximo post!

  7. Se o texto sobre o presidente vem em primeiro lugar e se o seu nome aparece na dianteira, eu creio que, para a grande massa cheirosa que lê essa revista em todo mundo, Lula é o homem mais influente deste planeta.

    A revista deve receber consultas semelhantes de pessoas ligadas a personalidades insatisfeitas com o número posto a seu lado. Imagino que se colocassem o presidente Lula em último lugar, ao lado do número 100, sem que houvesse nenhum texto comentando sua participação na lista, a mídia brasileira esbaldar-se-ia sobre a medíocre posição ocupada por Lula e não consultaria a Time para saber se há ranking ou não. Se os editores da revista quisessem evitar mal entendidos colocariam em ordem alfabética ou de nacionalidade.

    Se o presidente é aprovado por quase 90% da população brasileira, um prêmio desse tipo, ainda mais considerando que não é o primeiro (El País, Le Monde, etc, também prestigiaram Lula), é motivo de grande orgulho nacional, um fato salutar num país com notórios problemas de autoestima. Nossa mídia e grande parte da elite paulista e carioca, infelizmente, não parece raciocinar dessa forma.

  8. “Acima da oscarizada Kathryn Bigelow, da onipresente apresentadora Oprah Winfrey, do ator-twitteiro-marido-da-Demi Moore Ashton Kutcher. Na frente até mesmo do ídolo Robert Pattinson. Lady Gaga é a figura mais poderosa do showbiz neste 2010, segundo a revista “Time”.” (Tiago ney da Folha de SP.)

    Engraçado… Ninguém quis diminuir a Lady Gaga. Porque ela não é nordestina . Não representa a classe trabalhadora.

  9. Recentemente você mesmo comentou no twitter sobre ranking (quando surgiu uma lista informando que a Sandy foi eleita a mulher mais sexy da música), da fragilidade da informação e até o que se fazer com a informação. Na oportunidade eu inclusive comentei que o problema em pesquisa era a divulgação dos resultados, que falta especificar “Dentre os X que votaram, Sandy é eleita a mulher mais…”.
    Tudo é muito questionável pela forma como é feito, por isto não acredito em ranking perfeito. Entendo que possam existir, mas que na divulgação seja especificada a forma e o universo.
    Um outro exemplo que entendo ser equívoco em “melhores” é no esporte. Por exemplo, um campeão de uma modalidade de atletismo numa Olimpíada é considerado o melhor do mundo. Mas ó, pode ser que existam outros, até melhores, que não se classificaram para o evento por falta de patrocínio ou por um dia de nervosismo quando na classificação. Acho correto dizer que o atleta foi o melhor da competição, mas não do mundo.
    @cleversong

  10. Rosana,

    Honestamente temos que reconhecer:você é muito inteligente e fantástica com as palavras!
    Só que também existe vida intleligente aqui fora!Assim como no texto sobre o Rafael Cortez,você faz uma excelente análise sobre um tema abrangente e realmente importante e atual,para envolver e subliminarmente(?) passar a mensagem que quer.No 1º caso a fofoca e nesse 2º,assim como a grande maioria da nossa mídia tupiniquim,desqualificar a homenagem feita ao Presidente Lula e,se vocês não perceberam,ao nosso grande país!
    Me pergunto como seria seu texto se o homenageado fosse o Serra ou o FHC?
    Não é a toa o seu sucesso,você é realmente boa nessa função,só que a mesma internet que te sustenta e com a qual lida tão bem,é a mesma que abre os horizontes de milhões e nos faz aprender a “ler nas entrelinhas”!
    Mas,volto a dizer,você é ótima!
    A quem interessar possa,alguns links da notícia na imprensa internacional,comparem como o mundo noticiou o evento com a forma que a nossa imprensa o fez:

    Agência France Press:
    Lula es la personalidad más influyente del mundo, según Time

    http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5hqxwakGMpwu6qSbj-fBZa3eGW_zQ

    Europa Press:

    Lula da Silva, líder más influyente del año

    http://www.europapress.es/latam/politica/noticia-lula-da-silva-lider-mas-influyente-ano-20100429203115.html
    e muitos outtros…

    1. Maria de Fátima a Time tirou os números e disse que não era um ranking, o que não tira o mérito de ninguém que está na lista!

  11. Por que essa aflição em querer saber se o Lula é O mais influente ou UM DOS mais influentes ?

    A grande mídia(folha,globo,veja,estadão) entrou em pânico.
    É lamentável que no Brasil só existe liberdade de expressão para o dono da mídia.
    o Le Monde, o Financial Times e o El País já escolheram o Lula um dos líderes mais influentes do mundo. Toda a imprensa mundial já reconhece Lula como um grande líder. Felizmente a imprensa fora do Brasil não tem preconceito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s