The Bobs

Bom, a essas alturas do campeonato, ou melhor, do encerramento do campeonato, você já sabe quem foram os blogs brasileiros que ganharam o The Bobs: Física na Veia, do professor Dulcídio, como Melhor Weblog em língua Portuguesa. Coluna Zero, prêmio especial Mudanças Climáticas. E blogs do Além, The Bobs na categoria Blogwurst, dividindo o prêmio com Mr. Freeman, russo.

Fiquei muito feliz com o resultado.

Leia mais no site da Deutsche Welle. E parabéns a todos!!

Anúncios

Menor guarda-chuva do mundo

1497_8_o

Chove em Berlim. O dia todo. Comprei o menor guarda-chuva do mundo, lindo, amarelo, que vem num pequeno estojo com zíper.Tem 16,5 centímetros de comprimento.

Dormi até mais tarde,tomei banho, tomei café e fui dar um rolê na chuva. Comprei algumas coisas sem maior importância e uma bolsa muito simpática da Fossil.  Voltei, encontrei uma amiga que mora no Bahrein e fomos almoçar. Papo delicioso.

Acabamos de voltar para o hotel. Vou tomar banho, me arrumar, porque hoje à noite temos que estar bonitos para subir no palco. A cerimônia é transmitida ao vivo e depois tem uma celebração.

The Bobs – Vencedores

Na página oficial do The Bobs, the Best of Blogs da Deutsche Welle, você pode acompanhar toda a conferência do Re:publica 2010. Às 18:30h loca (13:30h no Brasil), será transmitida a cerimônia com os vencedores do juri.Ao vivo. Prestigiem os colega blogueiros do Brasil e do mundo, que serão anunciados.

Você vai saber em primeira mão quem é o vencedor da categoria Melhor Weblog em Língua Portuguesa, categoria em que fui premiada no ano passado. O vencedor receberá o prêmio em Bonn, ainda este ano.

Códigos culturais

Conviver com um grupo plural, de muitas nacionalidades, é uma experiência muito enriquecedora. Quem já fez intercâmbio, quem trabalha em empresas multinacionais, sabe bem como é. Os relatos pessoais nos dão uma noção próxima e compreensível sobre outros países. A ativista feminista contando sobre a repressão no Irã (ela mesma já foi detida várias vezes, assim como seu irmão), a circunscrição da web na China, que navega dentro da Grande Muralha da Internet (The Great FireWall of China), as dificuldades econômicas e políticas dos russos, as dificuldades do povo de Bangladesh.

Foi da jurada de Bangladesh que ouvi a história mais bonita. Quando menina, ela leu uma frase em norueguês num livro. E decorou a frase. Ficou apaixonada por ela. Vinte anos depois ela foi trabalhar numa empresa norueguesa. Um dia, ouviu um funcionário dizendo exatamente aquela frase decorada que ela leu quando era pequena. Ela foi falar com ele. Eles se conheceram e se casaram. Em um ano ela aprendeu norueguês. Tiveram uma filhinha. A menina, além da língua materna, fala inglês, francês e norueguês. Aliás, aqui todo mundo fala muitas línguas. Os jurados falam inglês, alemão, espanhol, francês e, muitas vezes, outras línguas de suas origens.

A língua não é tudo, porém. Cada um tem seus códigos culturais. Um dos que achei mais engraçados (e provincianos) foi causado por meus óculos escuros.

Para nós, brasileiros, usar óculos de sol é a coisa mais natural do mundo. Todo mundo usa em todo lugar. Aqui, não. Ontem, saímos do hotel pela manhã. A claridade estava intensa e íamos caminhando até metrô. Coloquei meus óculos. Todo o grupo começou a rir de mim. Tiraram onda, dizendo que eu parecia uma estrela de Hollywood. A palavra que eu mais ouvia era “brillen” (óculos de sol). Mesmo no trem, muito iluminado no trajeto do trilho suspenso, usei óculos. E as brincadeiras não paravam. Aqui no Brasil ninguém acha que usar óculos escuros é coisa de “superstar”. Aqui, eles acham.

Enfim, são muitos pequenos detalhes. As atendentes alemãos do hotel, por exemplo, me dão uma senha de wifi a cada 24 horas. Nâo entendo por que tem que se assim. A senha expira à noite e, às vezes, já de pijamas, tenho que me trocar e descer para pegar outra senha, já que os quartos não tem telefone e não há como ligar para a recepção. Pois hoje, o rapaz latino que atende o balcão me deu uma senha por 3 dias. Se isso é possível e o wifi é de graça, por que não me deram uma senha de uma semana de uma vez? Porque a regra é, uma a cada 24 horas. Enfim, cada um com suas normas. E todo mundo tentando ser… normal!

Bom dia.